Curta e compartilhe!

Ouço as não-palavras do vazio morto
Que enovela tua ausência.

Ecos do chumbo das antigas horas
Soam entre esses ossos doidos
E doídos de dor quase de Dante,

Trêmulos de tardes sem sol de meio-dia,
Famintos de comidas sem sabor nem razão.

De lá, sopra, mudo, o vento do mundo.
Entre mil ou mais noites riscadas no infinito.

Não bastará arrancar de onde estiveres
Teu corpo e nele, ainda que vago(a),

Depositar a seiva única de apenas esta vida,
Isso ainda há de esperar.

O tempo que nos sabota e condena
A horas que amarram passos

A dias ocultos de tanta luz parda
Ainda não faz por cumprir-se

Sequer o que a vera vontade do desígnio
Nos reservou.

Ficas, portanto, além do alcance da dor

Nem de longe saberás do sussurro surdo
Ou do quanto escorre dessas veias turvas

Que por tantos dias ligaram à vida
Meus crédulos e fátuos olhos

Completa 43 anos hoje (4/4) o jornalista Carlos Macena, atual assessor de imprensa da Secretaria de Agricultura, Produção e Desenvolvimento Econômico e Social (Seapes) do Governo do Estado. Graduado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) em 1989, começou sua carreira no mesmo ano no “Diário Popular”, em São Paulo, que funcionava na rua Major Quedinho, antiga sede de “O Estado de S. Paulo”, prosseguindo como repórter do caderno de variedades da “Folha da Tarde” (editado pelo Grupo Folhas). De lá, foi chamado por Mônica Pimentel, hoje diretora-artística da Rede TV!, para assumir os cadernos regionais Contigo SP, RS e Nordeste da maior revista de variedades da Abril. Foi redator da Eurocom, agência de propaganda dos Purificadores de Água Europa, em São Paulo e Porto Alegre. Depois de dois anos como assessor de comunicação da prefeitura de Aquiraz (CE), cidade turística onde funciona o famoso parque aquático Beach Park, Macena retornou em 2003 a Rondônia, estado onde sua família, vinda de Brasília (DF), chegou em 1982. Depois de publicar por seis meses o tablóide semanal “Pimenta Hoje”, foi administrador da TV Vilhena (afiliada Globo para o Cone Sul), repórter e editor de política da “Folha de Rondônia”, tendo recebido uma menção honrosa na última edição do Prêmio Sinjor de Jornalismo e hoje coordena a área de comunicação da Seapes, a maior secretaria do Governo do Estado.

(Visitado 147 vezes, 1 visitas hoje)