Curta e compartilhe!

Em Portugês:

O mesmo erro

enquanto me reviro em meus lençóis
E mais uma vez não consigo dormir
Saio pela porta a caminhas pelas ruas
Olhar as estrelas abaixo de meus pés
Recordar os justos que eu tratei injustamente
Então aqui vou eu

Olá, olá

Não há nenhum lugar aonde não possa ir
Minha mente está enlameada mas
Meu coração é pesado, ele mostra
Eu perco a trilha que me perde
Então aqui vou eu

Em Inglês:

So while I’m turning in my sheets
And once again, I cannot sleep
Walk out the door and up the street
Look at the stars beneath my feet
Remember rights that I did wrong
So here I go

Hello, hello

There is no place I cannot go
My mind is muddy but
My heart is heavy, does it show
I lose the track that loses me
So here I go

oo oooooo ooo ooo oo oooo…

And so I sent some men to fight,
And one came back at dead of night,
said “Have you seen my enemy?”
said “he looked just like me”
So I set out to cut myself
And here I go

oo oooooo ooo ooo oo oooo…

I’m not calling for a second chance,
I’m screaming at the top of my voice,
Give me reason, but don’t give me choice,
Cos I’ll just make the same mistake again,

oo oooooo ooo ooo oo oooo…

And maybe someday we will meet
And maybe talk and not just speak
Don’t buy the promises ’cause
There are no promises I keep,
and my reflection troubles me
so here I go

oo oooooo ooo ooo oo oooo…

I’m not calling for a second chance,
I’m screaming at the top of my voice,
Give me reason, but don’t give me choice,
Cos I’ll just make the same mistake (REPEAT) again

oo oooooo ooo ooo oo oooo…

So while I’m turning in my sheets

And once again, I cannot sleep

Walk out the door and up the street

Look at the stars

Look at the stars, falling down,

And I wonder where, did I go wrong.

Auu uuu uuuu uuuuu…

E assim eu mandei alguns homens à luta,
E um voltou tarde da noite
me disse “tê-lo visto meu inimigo?”
perguntou: “ele se aprecia comigo?”
Assim eu saí fora para me cortar
E aqui vou eu

Auu uuuu uuuuuu uuuuuuuuu…

Eu não me estou pedidndo por uma segunda
chance,
Eu estou gritando à plenos pulmões
Me dê a razão, mas não me dê escolha,
Porque eu farei apenas o mesmo erro outra vez,

Auuuuu uuuuuu uuuuuu…

E talvez um dia nós nos encontremos
e iremos conversar e não apenas falar
Não compre as promessas
Porque eu não as cumpro
e minha reflexão me incomoda
e aqui vou eu

Auuuuu uuuuuu uuuuuuu uuu uuuuu…
Eu não me estou pedidndo por uma segunda
chance,
Eu estou gritando à plenos pulmões
Me dê a razão, mas não me dê escolha,
Porque eu farei apenas o mesmo erro outra vez,

Auuuu uuuu uuuu uuuu…

enquanto me reviro em meus lençóis
E mais uma vez não consigo dormir
Saio pela porta a caminhas pelas ruas
Olhar as estrelas abaixo de meus pés
Recordar os justos que eu tratei injustamente
Então aqui vou eu

(Visitado 80 vezes, 1 visitas hoje)

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0