Curta e compartilhe!

Sou casada há 5 anos. Sempre tive um sonho de ser mãe, mas devido ao custo alto de ter um filho, meu marido jamais aceitou a idéia. O problema é que quando sanamos uma conta ele vai e faz outra, parece não ter vontade de ter filhos.
Ele já tem 39 anos e eu 26 anos, mas nos amamos, então agora resolvi por vontade própria e fiquei grávida. Ao contar para ele , ele ficou calado por um tempo, depois aceitou. Pareceu um pouco feliz, mas muito preocupado.
Dá para entender, mas ele é muito ignorante. Eu sinto vontades e ele fala “credo, já vai começar com frescuras!!”, e isso me maltrata porque queria ser tratada um pouco melhor por ele.
Eu vivo chorando com medo de perder o bebê. Estou de 3 meses e meio, e nem conseguí ver o bebê ainda, pois só fiz o ultrasom e não apareceu ainda. Isso também me preocupa!
Será que ele vai mudar para melhor com este filho ou vai ficar assim, amargo, para sempre? Um dia destes eu reclamei que queria atenção e ele jogou na minha cara que eu sabia que não era o momento porque deixei de tomar o anticoncepcional. Não consigo esquecer isso! Penso em besteiras, mas claro que não tenho coragem!
O que me vêem a cabeça é que no futuro talvez seja somente eu e o bebê, que esta criança venha a nos separar, que ao inv’ss de nos unir, poderá nos separar! Este é meu maior medo porque eu amo ele.

Quem gostar de dar conselhos pode me escrever.

(Visitado 223 vezes, 1 visitas hoje)