Curta e compartilhe!

Boa tarde,

O meu nome é Pedro e tenho 21 anos e estou a precisar dos vossos conselhos.

A minha historia começa assim: há uns tempos atrás conheci uma rapariga na festa de anos de um amigo meu e a partir desse dia começamos a dar-nos mesmo bem, criamos rapidamente uma grande amizade mas depois comecei a apaixonar-me por ela. Mas essa rapariga namorava, a partir desse momento percebi que não tinha hipótese com ela mas mesmo assim não a conseguia esquecer. Quando ela não estava com o namorado (pois ele trabalhava) estava comigo, nos fazíamos praticamente tudo juntos, ia a casa dela, conversávamos sobre tudo, íamos às compras juntos, estudávamos juntos, trocávamos sms e por ai adiante.

Passado uns meses ela acabou com o namorado (foi mais ao contrário) e ela ficou bastante deprimida e eu fui uma das pessoas que sempre esteve ao lado dela, a partir desse momento começamos a estar cada vez mais juntos e a nossa amizade continuava a aumentar cada vez mais, a nossa intimidade era cada vez maior. Alguns meses depois ganhei coragem e me declarei para ela, mas ela não queria ter nesse momento ter nenhuma relação (basicamente levei com os pés), continuamos com a nossa amizade e eu cada vez mais apaixonado por ela.

Certo dia depois de termos visto televisão juntos em casa dela, enchi o peito e beijei-a e ela correspondeu (foi um dos dias mais felizes da minha vida), a partir desse dia continuei a “pressionar” cada vez mais mas sempre que dávamos um passo na nossa relação, recuávamos dois.

Até que um dia tivemos uma conversa, ela disse que adorava estar comigo e não me queria perder mas não gostava de mim da forma como eu gostava, mas eu não a consigo tirar da cabeça.

Já tive uma conversa com ela para lhe dizer que tinha de me afastar dela mas ela começou a chorar e não aguentei, dei o braço a torcer.

Desde então tenho sempre tentado fazer com que aconteça alguma coisa, mas ela recua sempre. Mas por outro lado ela da-me motivos para continuar, já ficou com ciumes 1/2 vezes por eu estar a falar com outras raparigas.

Sinceramente já não sei o que fazer, eu realmente quero esquece-la e se possível continuar a ser amigo dela o que eu acho pouco improvável.

Eu já tentei sair com outras raparigas (já fui ao cinema e tomar café) mas não consigo parar de pensar nela.

Há dias em que penso que realmente ela só quer amizade mas há outros em que ela demonstra outra cosia. Ela até já disse sou um namorado perfeito, apesar de isso não existir.

Que acham que deva fazer? Ter paciência? ou acabar com isto tudo de uma vez por todas?

Cumprimentos,
Pedro

(Visitado 895 vezes, 1 visitas hoje)