Curta e compartilhe!

Estou vivendo um relacionamente de 11 meses e meu ciúme se tornou doentio de um tempo para cá…
Eu achava que todas as ligações que ele recebia de amiga era de amante, se ele olhasse para o lado achava que era para outra… enfim nossa vida virou um inferno e eu era rotulada como a neurótica que sentia ciúmes por tudo…

Até que chegou no pior momento, onde toda ligação que via no celular dele eu retornava e agredia as amigas dele com palvras verbais… tudo isso chegava ao connhecimento dele e algumas amigas por saberem do meu jeito de ser até aumentavam e eu tentava argumentar, mas nem podia pois esse meu jeito de ser já dava a entender que era aquilo que elas relatavam que estava certo!

Fomos empurrando a situação, até que um dia a casa caiu, como diz o ditado, e acabamos tendo uma briga feita por causa do meu ciúme!

Estava na casa dele e o horário normal dele chegar eras 9:30 da noite e ele chegou às 11. Eu ligava e ele não atendia. Quando retornou disse que tinha acabado de jogar bola e estava chegando em casa.

Eu não acreditei nas palavras dele e fomos dormir brigados. Às duas horas da manhã o celular dele apitou com alarme de mensagem. Eu louca achei que era amante, com quem ele deveria ter ficado todas aquelas horas onde dizia q ueestava no futebol….

Achando que ele estava dormindo e inconformada, finji que fui ao banheiro e levei o celular para ver a tal mensagem de texto que havia entrado.

Quebrei minha cara assim que acendi a luz. Ele estava atrás e perguntou porque eu havia levantado. Disse que me sentia mal. Ele mandou eu dar o celular dele, pois quando ouvi que ele estava vindo joguei no cesto do lixo.

Depois que eu entreguei ele me chamou de neurótica e disse que nunca iria mudar….e sabe qual era a mensagem?????

Da operadora mandando carregar com créditos o celular….me frustei e vi naquele momento a besteira que tinha feito dentre tantas….brigamos eu insultei ele com palavras de ofensa sobre seu ex relacionamento então terminamos…

Ficamos duas semanas separados…. pude perceber que tinha que partir de mim essa mudança e que eu o amava muito e também sei que ele me ama. Mas eu já tinha ultrapassado todos os meus limites por ciúmes e também descobri que isso não leva a nada, só a brigas e separação!

E que se ele está comigo e pretende casar comigo, é a mim q ele ama…

Hoje voltamos e por nós estou mudando…é dificil, mas graças a Deus, até ele já está vendo mudanças e ontem ouvi até o seguinte elogio!

“Graças a Deus você voltou ser a Esther namorada amiga, companheira e calma e que daquele jeito você estava muito chata”

Isso para mim é uma superação e a cada dia quero provar que posso mudar, que ciúme é coisa que pode até existir, mas moderado, não o doentio que acaba, destroi e fere!

(Visitado 230 vezes, 1 visitas hoje)