Curta e compartilhe!

Uma usuária escreveu um pedido de conselho para mim, após ler uma matéria na revista Sou Mais Eu da Editora Abril. Sim, eu resolvi contar um pouco da minha história e de como consegui superar meu ciúmes doentio, justamente para ajudar outras pessoas como eu! Fico feliz em ver que está dando certos. Abaixo está minha resposta!“Querida usuária,
Cíumes é a pior ameaça a um relacionamento. Infelizmente, na maioria das vezes, só percebemos isso quando é tarde demais, quando estamos deitadas na cama, sozinha, com o olho inchado de tanto chorar e sem vontade de fazer mais nada a não ser falar com ele.
Sei o quanto é difícil controlar, e sei também que tudo que escrever aqui não vai adiantar de muito, pois cada pessoa precisa encontrar a melhor maneira de lidar com essa situação. Mas espero que sirva como luz para seu caminho!
Seguem alguns pontos que acho importante você considerar:

1. Terapia:

Muitas vezes não sabemos porque somos ciumentos e na maioria das vezes não encontraremos essa resposta na terapia. Mas esse é um lugar neutro, no qual você não será julgada pelos seus sentimentos ou ações. O seu médico vai fazer de tudo para tentar encontrar a melhor maneira para VOCÊ lidar com o ciúme.
Ponto importante: não procure ajuda se for simplesmente com a intenção de manter o seu namoro! Você precisa procurar ajuda porque você quer ser uma pessoa melhor e viver em paz com o mundo. Você é muito nova e ainda irão acontecer muitas coisas na sua vida, então quanto melhor você se conhecer, melhor será sua experiência!

2. Pare de controlar

Cada pessoa tem e precisa manter sua privacidade, é o que eu chamo de “bolha”. Seu namorado, ou qualquer pessoa precisa ter individualidade, espaço, liberdade e vida própria. Já escrevi isso antes, mas vou repetir: quanto mais você prender e vigiar, menos terá. Dê espaço e ele será seu.
Ponto importante: pare de pedir senhas e olhar todo dia o Orkut, email, msg no cel. Quem quiser esconder e trair vai encontrar uma maneira. Não se preocupe em vigiar e controlar o incontrolável. INFELIZMENTE NÃO TEMOS CONTROLE SOBRE A MENTE E ATOS DOS OUTROS. Aproveite seu tempo com ele e tente parar de vigiá-lo.
DICA: a próxima vez que pegar o cel dele, lembre de mim e não olhe! Não bisbilhote! Eu já fiz muito isso, mas parei… e várias vezes segurei o cel na minha mão, abri, olhei… e fechei. Não vi telefonemas recebidos, sms, etc… e com o tempo parei de ter vontade de olhar e mexer nas coisas dele.

3. Confie

A partir do momento que você aceitar o que ele te fala sobre uma situação, no seu caso o jantar com a amiga, você tem que confiar nele. Se você não consegue apagar essa história, termine. Ele não vai conseguir fazer nada para provar que é diferente do que você imagina.
Ponto importante: mesmo que ele não seja confiável, você não tem como saber até descobrir algo de concreto. Muitas vezes alguns homens precisam flertar para terem certeza que são desejados. Isso não significa que necessariamente farão algo, nem que a pessoa é importante. Então quanto menos você mexer, mais confiar e der o espaço dele… melhor será o seu relacionamento.
DICA: Se algum dia você tiver que descobrir algo, você descobrirá. Ninguém consegue esconder uma traição para sempre. Então aproveite seu namoro e o carinho dele. Não pense e sofra por algo que não aconteceu! Seja feliz! Ignore o ciúmes!
Último ponto que gosto de falar sobre ciúmes:
Ciúmes = alcoolismo
Você se cura do alcoolismo um gole por vez. E o mantra para não ter uma recaída é “não dar o primeiro gole”.
Com o ciúmes é igual! Pare de pensar no que pode estar acontecendo, “não dê tempo para a primeira idéia ruim aparecer na sua mente”.
Se cuide!”

(Visitado 10.636 vezes, 1 visitas hoje)