Curta e compartilhe!

Namoro á dois ano com o ”Carlos” e desde sempre tive algumas “dores de cabeça”. No começo do namoro uma amiga dele se declarou e implorou para que ficasse com ela, namorávamos a apenas quinze dias e ele não aceitou.

Um ano e meio depois essa mesma “amiga” voltou para as nossas vidas, e novamente implorou pare que ele ficasse com ela, ele mesmo assim não aceitou; porém várias pessoas comentaram que os dois estavam juntos e decidi acreditar nele pois sempre me contava tudo.

Quando estávamos perto de completar dois anos de namoro ele começou a me tratar diferente, estava sempre nervoso, ficava muito tempo quieto. Começou a querer sair sozinho, e um dia eu aceitei.

Na semana seguinte recebi um telefonema que dizia que meu namorado tinha outra, disse que ele tinha saído em tal dia (no mesmo dia que ele saiu sozinho) e teria beijado ela e levado embora, que ele estava indo trabalhar sem aliança, e que para todos ela era a namorada dele.

No mesmo dia fui esperá-lo na saída do serviço, quando me deparei ele saindo e conversando com uma mulher bem mais velha, fui chegando cada vez mais perto, ele mandou até beijinhos para ela (como ele sempre faz comigo). O segui, e terminei tudo.

Na mesma noite ele me “explicou” tudo, disse que tinha sim beijado ela, mas que tinha sido um momento de fraqueza, que tinha levado ela embora porque ela pediu. E que estava sem a aliança porque estavam todos comentando no escritório.

Todo o tempo que ficamos separados, ele implorava para que voltasse com ele, dizia que estava arrependido, chorava o perdão, estava muito atordoado, sem saber o que fazer.

Eu também fiquei muito mal, não trabalhava mais, já não me alimentava, já estava entrando em depressão, quando comecei a pensar se ele não me traiu no começo do namoro o que levou ele me trair agora, e descobri que ela atingiu os pontos fracos dele, se fez passar pela boazinha, o escutava, e fez tudo até eles se beijarem para poder me contar, eu terminar e ele ficar com ela.

Mais ele não a quis, ele me disse que um tempo depois que nós terminamos ela disse que viu que ele nunca largaria de mim e agora eles podiam ficar juntos (“isso era tudo o que ela queria”).

Resolvi então voltar, vi que esse seria apenas mais um obstáculo na minha vida e que nenhuma “mulherzinha” poderia estragar o que sentíamos um pelo outro.

Não digo que esqueci de tudo, as vezes tenho uns momentos de recaída, fiz desse episódio um aprendizado, amadureci e ele também, sei que agora nosso relacionamento está mais forte do que nunca, até noivamos.

E digo não foi nada como ela queria.

(Visitado 202 vezes, 1 visitas hoje)