Curta e compartilhe!

O casamento é a prisão perfeita, pois faz com que o próprio apenado decida se entregar, construindo sua cela em um terreno financiado por ele mesmo, providenciando o seu sustento e de sua carcereira. Tudo feito através de atos espontâneos, motivados pela sociedade que convence o candidato a prisioneiro com promessas de felicidade eterna.

Continuar lendo…

(Visitado 70 vezes, 1 visitas hoje)