Curta e compartilhe!

O término do século XX pode não ter sido “o fim da História”, como quis Fukuyama, mas foi, sim, o fim das grandes ideologias. Não sem razão, um certo cantor brasileiro, nos anos oitenta, queria uma para viver e não tinha.

Continuar lendo…

(Visitado 148 vezes, 1 visitas hoje)