Curta e compartilhe!

Nem sempre acertamos à primeira, invariavelmente sofremos para aprender, mas um amor conjugal que persiste no tempo não é uma miragem, defende Cristina Freire. Presença assídua nas Tardes da Júlia, fala-nos do livro sobre este tema que acaba de publicar (Esfera dos Livros). Uma lição de como construir uma relação.

Continuar lendo…

(Visitado 201 vezes, 1 visitas hoje)