Curta e compartilhe!

Ela é quem ela é, simplesmente ela, não foge e não se nega a correr risco.
Ela passa por cima do perigo como se não o existisse, ignora avisos.Vive sem grandes medos, tem medo da dor, mas nem por isso foge da dificuldade.
É aconchegante só no dar oi, supre carências, como se fosse as delas.

É cobiçada por muitos, é ardente e ao mesmo tempo pura.
Sem frescuras, repleta em tudo, uma mulher e ponto.

É um quadro abstrato, um enigma permanente.
Sem ponto final, um ponto de exclamação na maior parte das vezes.
Uma mulher que vive o momento, sorvendo as horas.

Uma pétala recolhida, mas com forma, e cor, completa em essência.
Que exala a esperança, transpirando vontades.
Uma mulher insolúvel, nada volúvel.
Que vive a vida em reticências…

Essa é a mulher que eu amo.
Essa pra mim é soraya…

(Visitado 144 vezes, 1 visitas hoje)