Curta e compartilhe!

Não paro de pensar em ti
Me dói deixar te ver
Paro de viver para mim
E nem penso em me lembrar de te esquecer Mesmo que minha mente necessite que eu te esqueça
Não há como a imagem de ti me abandonar
Para que o impossível aconteça
Preciso perder a mania de respirar…
Você é minha doce esperança
O amargo dos meus sonhos
O amanhã de minhas lembranças
E o ontem de meus encontros
A razão para sorrir
Meu delirar durante mes
O verdadeiro sair…
De que nada se concentra no “Era uma vez”
A verdade mais sincera
Que me satisfaz como mulher
A brincadeira mais séria…
Que um dia sonhei em colher

(Visitado 81 vezes, 1 visitas hoje)

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0