Curta e compartilhe!

Quando te esperei acreditei
que nada acontece por um
mero acaso, mas sim
pela força cósmica do infinito…Acreditei no amor e esperei…
Alguém para tocar de leve, com seus lábios,
os meus olhos quando invadidos por lágrimas,
de alegria ou de tristeza, não importava…

Esperei por ti! Uma espera de sonho,
de fantasia, esperei expressões encantadas,
Olhares que se falam e que silenciam as palavras,
Aguardei a sublimidade de uma afeição sincera,
por um beijo encantado que eternizasse aquele momento.

Esperei pela alegria, do dia certo,
para chorar de contentamento,
mas somente vieram os dias e
apenas pude chorar a tristeza da minha desilusão.

Esperei a melancolia retirar do meu corpo o seu manto, para ver a realidade de uma outra forma.
Esperei o afago de braços alheios, dizeres consoladores… Mas tudo foi em vão.
Eu fiquei aqui abraçada a mim mesma,
com os pensamentos a esmo,
apenas olhando o relógio marcando as horas tristes do meu coração.

Esperei…Esperei o dia de dizer ao mundo que era feliz…Mas esse dia não chegou.
A sensação de impotência diante da vida,
foi o que sempre presente ficou,
e sem relutância compreendi que a vida é uma eterna espera,
mas que nunca é tarde para se encontrar um grande amor.

(Visitado 1.604 vezes, 1 visitas hoje)