Curta e compartilhe!

Há mais ou menos 3 anos quando comecei a ficar com um carinha ai, fiquei com ele pra vingar o q meu namorado na época tinha feito comigo. Ele tava me chifrando com a namorada desse carinha; ntão fiquei com ele só por vingança,e por ficar com ele acabei conhecendo pessoas novas e me envolvendo com elas como não gostava desse cara ficava com quem eu queria .

Nesse tempo conheci o meu atual namorado. Na festa a gente chegou a ficar e começamos a ficar de vez em quando, mas nada sério, eu queria era curtir a minha vida. Em setembro de 2009 a gente tentou namorar, mas como eu não levava nada a sério ele terminou. Não liguei. A gente ainda ficava de vez em quando. Em janeiro de 2010 a gente voltou, mas agora com uma diferença: eu estava apaixonada por ele.

No inicio era uma maravilha: ele era super carinhoso, me dava toda atenção que eu queria, me tratava super bem, os primos dele tentaram atrapalhar mas não conseguiram, ele até ficou contra os amiguinhos. Ate que com quatro meses de namoro eu engravidei.

Claro que nós dois ficamos assustados pois não esperávamos isso. Ele pergutou o que eu iria fazer e lógico que eu optei por ter a criança.

Os três primeiros meses que ninguém sabia era uma maravilha. Ele me dava toda a atenção que eu precisava, quando contei pra minha mãe ele começou a mudar o comportamento comigo, mas aquilo não era nada do que tava por vir.

Final de setembro dois primos dele resolveram voltar a morar aqui e com isso só foi piorando. Ele começou a me tratar como se eu fosse um lixo, saia sem me dar ao menos uma explicação, não ligava se eu estava bem ou mal, me humilhava, me chamava de vagabunda, dizia que eu não prestava, até falar que o filho não era dele ele falou.

Em novembro fiz o primeiro ultrasom. Deu que era menina. Fiquei super feliz.Quando contei pra ele a reação não foi a que eu esperava. Ele sumiu por três dias. Com o tempo achei que ia melhorar, que nada; cada vez piorava mais.

Nossa filha nasceu agora em março. Os primeiros dias o cara por qual tinha me apaixonado voltou. Era ótimo. Agora está tudo voltando como era antes; ele me tratando mal e cada vez vai piorando. Não sei o que fazer pois gosto muito dele mas cada vez que passa, a situação vai piorando. O que será melhor: continuar sofrendo com ele ou sofrer sem ele??

Aho que ele tem outra,pois nunca sai comigo e não gosta que eu saio sem ele. Então fico dentro de casa todo dia olhando nossa filha e quando chega a noite ainda tenho que agüentar ele me dizendo que eu não sei olhar nossa filha, a situação só vai piorando.

Queria que ele voltasse a ser aquele cara pelo qual fez eu mudar toda a minha vida, acho que não termino por que no fundo eu tenho a esperança que ele volte a ser quem ele era no inicio do namoro. So que cada dia que passa,’passo a acreditar menos nisso, não sei o que vai ser da gente agora pra frente. Gosta de quem não gosta de mim ta me fazendo sofrer muito e to com medo que isso afete também a minha filha.

Essa é um pouco da minha historia um pequeno desabafo.
A.C.C.

(Visitado 623 vezes, 1 visitas hoje)