Curta e compartilhe!

Quero relatar uma traição que sofri recentemente para buscar opiniões visando entender plenamente o que aconteceu.

Já fazia dois anos de separada de um longo relacionamento, conheci neste meio tempo diversas pessoas cujo as quais houveram desencontros de sentimentos, ou seja quando eu gostava a outra não e vice versa. Porém até aí tudo normal, mas em novembro de 2010 conheci uma pessoa um tanto diferente, me pediu em namoro logo que me conheceu me apresentou sua família, enviava mensagens diárias para meu cel.

Demonstrando ter muito sentimento por mim, dizia por inúmeras vezes que me amava muito “grau máximo” segundo ele. Isso tudo causou uma certa estranheza inicialmente pois eu achava incomum, uma pessoa digamos, em tão pouco tempo demonstrar um amor tão arrebatador assim por mim.

Confesso que achava até um tanto exagerada suas demonstrações de afeto, além do que já havia conhecido outras pessoas mas ainda não havia visto nada igual. Depois de ums três meses, comecei a realmente acreditar naquele amor e comecei a corresponder o sentimento que ele dizia sentir por mim. Ele sempre dizia que teve muitas mulheres mas porém só amou duas em sua vida, a primeira foi a mãe de sua filha e a segunda seria eu. Isso tudo me deixava bastante segura quanto ao nosso relacionamento.

Já no segundo mês de relacionamento ele veio morar comigo, já que ele havia se separado e deixado a casa onde morava com sua esposa. Tinhamos ampla liberdade para conversarmos sobre vários assuntos. Ele me fazia feliz e eu acreditava que eu a ele. Isso tudo foi assim até Abril de 2011.

Claro que observei que ele não curtia muito trabalhar, gostava de ganhar dinheiro facilmente e tinha uma certa ambição porém, eu também tinha. Por isso até entendia de uma certa forma, mais sabia que independente dos objetivos tínhamos que trabalhar para ganhar o dia a dia até surgir uma oportunidade melhor. Por decisões erradas dele sua situação financeira se agravou mas nunca deixei de dar apoio nessa hora em que ele precisava muito. Claro, não pagando suas contas porém as vezes emprestava algum valor, mas nada muito grande até porque eu mesma não tenho.

Até que em Maio de 2011 ele ligou para um amigo e começou a viajar para o interior do estado dizendo trazer mercadorias do Paraguai, porém as viagens tornaram se semanais e eu comecei a perceber uma mudança brusca na maneira como ele me tratava. Ele comentou que havia conhecido um senhor já bastante idoso mas com boa situação financeira que havia oferecido uma oportunidade de investimento nos negócios que ele planejava montar.

Eu o indagava com frequência, sobre o porque das suas mudanças repentinas de atitude comigo o questionava se ele queria terminar o relacionamento mas ele dizia que não era essa sua vontade.

Porém as desconfianças foram cada vez se intensificando mais até que ele esqueceu os chipes de dois de seus números comigo. Obvio que verifiquei para tentar entender tudo o que estava acontecendo.

Mandei algumas mensagens para uma mulher que havia desconfiado, isso tudo numa terça feira quando foi quarta ele veio até minha casa retirou o restante de suas coisas que ele já estava levando sem eu perceber. Nesta noite não quis conversar com ele pois estava muito magoada. Passei uma madrugada péssima e pela manhã decidi ir na casa de seu amigo onde sabia que ele estaria.

Seu amigo me recebeu, tentou fazer com que eu fosse embora mas desistiu e chamou ele.

Claro eu queria uma explicação para tudo que repentinamente estava acontecendo, afinal tínhamos uma vida de casados, nada mais natural ao meu ver. Só que ele se transformou quando me recebeu, demosntrou frieza agiu como se eu fosse uma estranha e ainda por cima me apresentou a sua futura esposa que juntos me humilharam ainda mais, ele bateu com a porta na minha cara e mandou eu caminhar. Disse para mim, que havia muito dinheiro envolvido e que estava casando por interesse e tudo mais, porém não demosntrou nem sombra do amor que ele dizia sentir por mim. Sendo que no o ultimo sábado havíamos estado juntos.

Meu mundo desabou naquele momento. Por ums instantes meu coração parou devido a tamanha surpesa. Fiquei pasma, perplexa com tudo.
E gostaria de tentar entender porque ele demonstrou sentir por mim um amor muito grande, maior do que qualquer pessoa que eu já havia conhecido, um sentimento incomum e procurava sempre demonstrar com atitudes também. E derrepente ele demonstrou o oposto, só que foi de uma hora para outra. É como se você deitasse ao lado de seu marido e acordasse ao lado de um estranho. Essa mudança no seu comportamento foi questão de um mês, para tudo acontecer e toda a minha confiança desmoronar.

Me sinto um lixo, rejeitada e uma pessoa totalmente desinteressante, que não teve a capacidade de conquistar o verdadeiramente o amor de alguém.

Enfim, fica a pergunta que não quer calar dentro de mim: Porque ele me passou tanta confiança e segurança em relação aos seus sentimentos e repentinamente e o que é pior sem me explicar absolutamente nada, acaba com tudo num piscar de olhos. Será que ao menos um pouco de consideração por mim ele deveria ter? Ao menos explicar o que estava acontecendo?

Certamente a verdade iria me deixar triste porém não humilhada. A crueldade como tudo aconteceu em tão pouco tempo é que me deixou chocada.

(Visitado 691 vezes, 1 visitas hoje)