Curta e compartilhe!

Uma das dúvidas que ainda não conseguiu ser solucionada é em relação à cara-metade, alma gêmea. Como saber que a pessoa por quem está tão envolvida(o) serve para você? Como saber se é amor?A definição de amor pode dar as primeiras pistas se você está no caminho certo:
“Amor geralmente está relacionado a uma intensa atração por outra pessoa, lugar ou coisa e pode incluir ainda aspectos de identificação. Amor pode descrever um sentimento intenso de afeto e emoção. No dia a dia, o amor está diretamente relacionado a uma experiência de uma pessoa em relação a outra pessoa. Apesar de tudo, o amor é considerado impossível de definição.” (Fonte: Wikipedia)
Esse sentimento delicioso, que dá frio na barriga, lágrimas no olho, emoção é algo estranho, mas maravilhoso e dependendo da força, chega a assustar. Mas todos nós queremos viver um grande amor. Esse é o sonho e a busca da maioria das pessoas.
Não há resposta para a pergunta desse artigo, mas sempre existem algumas maneiras de facilitar a descoberta. Acredite ou não, a resposta está em você. Comece se perguntando se você quer estar sempre com essa pessoa. Se a resposta for não, já terá certeza de que não é amor. Ao ler “estar com”, entenda compartilhar tudo: querer chegar correndo do trabalho para contar seu dia; ficar empolgada(o) apenas em pensar em vê-lo(a); estar perto não é suficiente, você quer ser parte dele(a), um pedaço da vida dele(a) para sempre. Você consegue sentir o que ele(a) está sentindo e saber o que está pensando, de tão forte que é a sintonia.
Amar é poder ocupar o corpo um do outro com completa confiança e harmonia.
Cuidado! Existem muitas emoções que acabam confundidas com amor.

  1. Desejo: Há uma diferença muito grande entre querer dormir com alguém e passar o resto de sua vida com O alguém.
  2. Dependência: depender de alguém não faz parte do amor. Algumas pessoas acham que amam alguém pelo simples fato de terem medo de ficarem sozinhas.
  3. Comodismo: quando um relacionamento existe há tanto tempo que a pessoa não sabe como viver de outro jeito, tem receio de não saber viver sem os hábitos adquiridos, como o final de semana e as noites de sono juntos.

Enfim, para não cair nos erros acima, é preciso lembrar da velha frase que diz “antes de amar alguém, você deve aprender a se amar primeiro”. E isso significa ter confiança do seu potencial, acreditar e se admirar; conhecer o que pode oferecer para o(a) parceiro(a).
A resposta sempre estará em você, basta ponderar os pontos acima e confiar que você será capaz de reconhecer esse sentimento.

(Visitado 841 vezes, 1 visitas hoje)