Curta e compartilhe!

Talvez ninguém conheça os meus segredos
Entenda o meu jeito
Perceba meus olhares
Deseje estar comigo rumo aos próximos passosTalvez ninguém entenda minha dificuldade de sorrir
E o que pulsa aqui dentro desse peito
Que só queria por um dia voltar a ser criança

Tão mais fácil pra mim é te entregar uma rosa
E te arrancar um sorriso
Do que procurar nas gavetas e caixas da minha vida

Onde é que perdi os meus
Talvez não me entenda quando falo de solidão
E pareço sempre estar de bom humor



E não me aborreço e não me irrito
E não altero a voz
E não saio do sério

É que já entendi muito cedo que não adianta
Brigar com todo mundo e dizer 1000 palavrões
Quando o que precisa ser consertado não é o mundo
E sim apenas algo dentro de mim.
Talvez esse seja meu maior erro
Me fechar demais

É que me dói às vezes ouvir de algumas pessoas
Julgamentos sobre aquilo que não procuraram saber
Não tentaram amar
Eu me apaixono todos os dias

Por todas as coisas
Por todas as suas palavras
Por cada coisa que não tenho, frase que ouço
Musicas que o vento trazem antes de dormir

Sou selvagem lutando contra o desconhecido
Mas sou suave e atencioso diante das possíveis falhas
Sou paciente, e dou valor em cada abraço que não tive
Em cada pedaço de vida que atravessa meu caminho

Estou mais que apaixonado confesso!
Eu amo essa dor que escolhi pra mim
A procura da melhor palavra

Disposto a dar abrigo
E quem quiser conhecer sobre o que falo
Esqueça o sou e venha comigo!
Conheça mais artigos de Messias Vilela: http://aoremetente.zip.net/

(Visitado 230 vezes, 1 visitas hoje)